Visteon

ABERTURA NAS NEGOCIAÇÕES – ACORDO FIRMADO

Clica  Documento em PDF

 

 

 

 

 

A VOZ DOS TRABALHADORES É SOBERANA E DEMOCRÁTICA

Foi hoje votado nos vários plenários a proposta da administração da Visteon no que se
refere aos aumentos salariais e outras matérias conexas.
O SIEAP apresenta uma saudação aos Trabalhadores que participaram nos plenários
promovidos pela Comissão de Trabalhadores e que de forma livre tomaram a sua decisão.
A CT tentou até ao limite melhorar a proposta que a administração apresentou, não tendo,
contudo, alcançado esse propósito. De forma displicente, a administração ignorou a
posição da CT e as propostas que o SIEAP fez em sede própria com a intenção de chegar a
um acordo justo para os Trabalhadores.
A administração é a única e exclusiva responsável pelo insucesso das negociações e a
instigadora das acções que os Trabalhadores tomarão.

UNIDADE TOTAL NA ACÇÃO
AQUILO QUE NOS DIVIDE NÃO É MAIS FORTE QUE O QUE
NOS UNE… OS TRABALHADORES

O SIEAP lança o repto a outras estruturas sindicais e à Comissão de Trabalhadores para
que, em conjunto, possamos dar uma resposta cabal aos justos anseios dos
Trabalhadores.
A luta da melhoria das condições de trabalho e de vida não é exclusivo de uma estrutura,
mas sim de todas as que representam os Trabalhadores.
O SIEAP enviou hoje missivas a todos os intervenientes para preparar e dar a resposta
necessária às justas reivindicações dos Trabalhadores

https://drive.google.com/file/d/1udZtQ1z2yDneKjPcnxniXgkqkSi30gO7/view?usp=sharing

SIEAP reúne com a Administração da Visteon

O SIEAP reuniu durante o mês de março com a administração da empresa, para apresentar e discutir propostas conducentes ás melhorias de condições laborais dos trabalhadores, nomeadamente categorias profissionais, progressões, descanso compensatório e o trabalho temporário.

Categorias profissionais e progressões, o SIEAP constatou que existiu uma evolução satisfatória no que se refere aos Técnicos com menor antiguidade (mais recentes na empresa), quer na vertente salarial quer em termos de carreira. Registamos esse facto, contudo fizemos notar á administração que o SIEAP, não dá por encerrado este tema. Continua

Depois desta atualização na parte técnica, não esquecemos os Operadores especializadosmais recentes na empresa cuja atualização referente à sua carreira profissional e salarial ainda não foi alcançada. A administração da empresa deve observar e cumprir o princípio de trabalho de valor igual deve corresponder a salário igual.  

Para os Operadores e Técnicos em topo de carreira, o SIEAP, lançou a proposta de mais uma Diuturnidade para todos.

Descanso compensatório e pagamento de trabalho extraordinário, é uma reivindicação do Caderno Reivindicativo que está a ser discutido pela Comissão de Trabalhadores nas negociações com a administração. O SIEAP transmitiu á administração, a importância de haver entendimento nesta matéria e declara se pronto para todos os esforços que possam conduzir ao efetivar de uma situação justa e merecida para os Trabalhadores.

Trabalho temporário na Visteon, como a Comissão Sindical do SIEAP tem sublinhado, prolonga-se desde há anos, pelo que a sua contratação destina se mais a satisfazer necessidades duradouras de trabalho do que tarefas de natureza ocasional e não duradouras. No final do ano passado, após reunião tida com a administração, foi feita a transição para contratos mensais, exceto quem está como praticante (contratos semanais, novembro 17). Continuamos a trabalhar e envidar esforços para a eliminação deste tipo de contratação e podemos comunicar que em janeiro de 2018, 23 trabalhadores passaram de contratos temporários para os quadros da empresa e este mês mais 6. Continuaremos a trabalhar no sentido de o trabalho temporário ser uma exceção e não uma regra.

 #juntocomostrabalhadores

hidden content

 

 

SIEAP reúne com a Comissão de Trabalhadores

O SIEAP depois de ter reunido durante o mês de Setembro com a administração da empresa, para apresentar e discutir propostas para a melhoria das condições laborais dos trabalhadores da Visteon, e verificando as expectativas previstas de crescimento, considera estarem reunidas as condições para recuperar e melhorar os direitos que ao longo do tempo foram diminuindo ou mesmo suprimidos. Nesta reunião o SIEAP abordou diversos assuntos, nomeadamente categorias profissionais, progressões e conteúdos funcionais, descanso compensatório e o trabalho temporário na Visteon.  Depois da reunião deparamos com alguns avanços nestas matérias, tendo o SIEAP reunido com a Comissão de Trabalhadores para discussão destes assuntos, bem como para analisar a proposta de caderno reivindicativo para 2018.

O SIEAP verificou junto da CT que existe um plano de formação para os trabalhadores que começou ainda este ano e que continuará para 2018. A situação das categorias profissionais e progressões e conteúdo funcional ainda não evoluiu satisfatoriamente. O SIEAP irá atuar, cada categoria profissional, tem vertido no CCT o descritivo funcional. Em algumas áreas na Visteon tem-se assistido a uma tentativa ilegal, de colocar técnicos a desempenhar funções de operadores especializados e vice-versa.

 A direção da empresa tem de respeitar o princípio constitucional de que para trabalho igual tem que corresponder a salário igual. Na mesma categoria profissional não pode haver discriminação salarial, e constatamos que para o mesmo nível existem diferenças da remuneração base. Relembramos que a remuneração base dentro do mesmo nível tem que ser igual, apenas podendo ser diferente caso exista lugar a diuturnidades.

Descanso compensatório e pagamento de trabalho extraordinário será sem dúvida uma reivindicação do CR a apresentar pela CT e que será discutida nas próximas reuniões com a administração, sendo este um ponto fulcral para os trabalhadores.

A utilização de trabalho temporário na Visteon, como a Comissão Sindical do SIEAP tem sublinhado, prolonga-se desde há anos, pelo que a sua contratação
se destina mais a satisfazer necessidades duradouras de trabalho do que tarefas de natureza ocasional e não duradouras. Daí que continuamos a reclamar
á direção da empresa a conversão destes contratos em contratos de trabalho com a Visteon. O SIEAP apoia a CT nestas matérias #juntocomostrabalhadores

SIEAP reúne com administração da Visteon

O SIEAP reuniu durante o mês de Setembro com a administração da Visteon, para apresentar e discutir propostas para a melhoria das condições laborais
dos trabalhadores da Visteon. Foram nos apresentadas as
perspetivas de atividade da empresa a curto e médio prazo e a evolução previsível dos níveis
de emprego, por parte da administração. Registamos com bom grado as expectativas de crescimento previsto tal como a entrada em funcionamento
do centro europeu serviços da Visteon e da área dos protótipos e injeção de magnésio, este ultimo uma inovação tecnológica de grande montra.
Tendo em linha de conta a situação descrita, consideramos estarem reunidas as condições para recuperar e melhorar os direitos e condições que ao longo
do tempo foram diminuídos ou mesmo suprimidos.

continua

hidden content


Categorias profissionais, Progressões e Conteúdo Funcional
A Visteon tem descurado e negligenciado a formação dos trabalhadores em geral e de técnicos em particular, o que tem conduzido a alguns problemas
de qualidade nos produtos com impacto nos seus clientes. A Visteon está obrigada do ponto de vista legal, a observar as horas de formação previstas
no Código de Trabalho e por outro lado deve ser desígnio da mesma uma aposta clara no seu melhor ativo, os seus
Trabalhadores.
Tem se verificado situações não conformes no que respeita ás funções que estão compreendidas nas respetivas categorias profissionais. Cada categoria
profissional tem vertido no CCT as funções que compreendem a sua profissão, ou seja, as tarefas que devem executar. Em algumas áreas na Visteon tem
se assistido a uma tentativa ilegal de colocarem técnicos a desempenhar funções de operadores especialistas e vice-versa. É uma situação totalmente
irregular, que expõe os trabalhadores a situações punitivas e incidentes não desejáveis por nenhuma das partes e pode contribuir para dificuldades no
apuramento de responsabilidades caso se registe algum acidente ou de situações de ausência de qualidade.
Outra situação muito importante, prende se com a
discriminação salarial que acontece dentro da mesma categoria profissional, onde constatamos que
para o mesmo nível existem discrepâncias da remuneração base. Relembramos que a remuneração base dentro do mesmo nível tem que ser idêntica,
apenas podendo ser diferente caso exista lugar ás diuturnidades devidas á antiguidade, em suma,
trabalho igual tem que corresponder a salário igual.


Descanso Compensatório
O SIEAP e a Comissão Sindical do SIEAP sublinharam a necessidade de encetar negociações com a administração, para a alteração do atual limite de
32 horas para gozo do descanso compensatório que o trabalhador pode acumular. A administração mostrou abertura e disponibilidade para a
discussão desta matéria. Na próxima reunião que decorrerá durante o mês de Novembro, esperamos poder avançar neste dossier, o qual esperamos
poder culminar no fim do limite anteriormente estabelecido.


Trabalho Temporário na Visteon
Foi estabelecido com a Direção de RH da Visteon o compromisso de até ao fim do ano, os contratos com carater semanal e não renovável previstos nos
contratos dos trabalhadores temporários serem paulatinamente alterados para duração mensal e automaticamente renováveis. Apesar de significar uma
melhoria muita pequena, não podemos deixar de assinalar a mudança do paradigma.
Trabalho Temporário uma inevitabilidade? Não!!
A utilização de trabalho temporário na Visteon, como a Comissão Sindical do SIEAP têm sublinhado, prolonga-se desde há anos, pelo que a sua contratação
se destina mais a satisfazer necessidades duradouras de trabalho do que tarefas de natureza ocasional e não duradouras. Daí que continuamos a reclamar
á direção da empresa a conversão destes contratos em contratos de trabalho com a Visteon.
O SIEAP em articulação com a Comissão de Trabalhadores, além da reunião que agora efetuou com a administração, vai preparar reuniões com os
trabalhadores temporários de modo a esclarecê-los do conjunto dos seus direitos e a adotar medidas para garantir que caso exista situações desconformes,
as mesmas sejam direcionadas para as instituições que têm como missão fazer cumprir a Lei. A Comissão Sindical do SIEAP apela desde já aos trabalhadores
com contratos de trabalho temporário possam dar a conhecer aos Delegados Sindicais todas eventuais irregularidades que possam verificar no âmbito da
sua relação de trabalho. 

#Juntocomostrabalhadores